Aplicativo coleta informações sobre manchas de óleo no litoral brasileiro

Porto Velho (RO), 29/11/2019 – O Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) desenvolveu nova versão da plataforma Olhos de Águia, agora com foco nas manchas de óleo que atingem o litoral Nordeste e Sudeste brasileiro.

O aplicativo tem duas funcionalidades principais: captura e transição de pontos, e visualização dos pontos capturados. A plataforma cataloga e coleta dados, imagens, coordenadas geográficas e informações sobre as manchas de óleo.

“O processo de captura é simples. O usuário marca os pontos, podendo enviar foto do local, escrever uma observação, informar se há equipe no local ou se a limpeza foi concluída. A geolocalização é obtida de forma automática, a partir do GPS do celular ou tablet”, explica José Mario Fraga, servidor do Centro Regional do Censipam em Porto Velho (CR-PV) e desenvolvedor do aplicativo.

A nova versão foi desenvolvida pela Coordenação de Inteligência do CR-PV a pedido do Comando da Operação Amazônia Azul e pode ser utilizada fora da área de cobertura de internet. “O aplicativo armazena todas as informações coletadas no banco de dados local e, quando entra em área com cobertura de internet, faz a sincronização com o banco de dados do Censipam”, explica o desenvolvedor. O aplicativo Olhos de Águia está disponível para qualquer cidadão usuário do sistema operacional Android e, em breve, também para o iOS.

Plataforma web
O sistema também possui uma plataforma web que disponibiliza todas as informações capturadas pelas equipes de campo. Em um mapa, é possível ver os pontos indicados de acordo com o intervalo de tempo selecionado. Os usuários também têm acesso a uma série de estatísticas, como a situação das ocorrências e a quantidade de manchas por estados e municípios. A plataforma também oferece a possibilidade de baixar arquivos CSV (Comma Separated Values), o que facilita o trabalho dos analistas de dados.

Olhos de Águia – Queimadas
Em setembro, o Censipam lançou o aplicativo Olhos de Águia – Queimadas, que foi empregado na Operação Verde Brasil, em decorrência do decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) para combate aos focos de incêndio na Amazônia. O aplicativo tem sido utilizado para captura dos focos de incêndio e catalogação de dados de queimadas na Amazônia Legal.

Por Willian Cavalcanti

Fotos: divulgação
Assessoria de Comunicação Social (ASCOM)
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071


Source: Defesa GOV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.